Curso gratuito é criado especialmente para quem cuida de idoso

Você tem uma pessoa idosa morando na sua casa, algum dos pais ou dos avós? Quando ele ou ela engasga você sabe o que fazer? E se caísse e perdesse a consciência, você saberia qual providência tomar, ou acha que se deixaria levar pelo nervosismo, gritando, chorando e chamando o vizinho? A verdade é que a maioria das pessoas não sabe o que fazer. A boa notícia é que há muitos cursos no Brasil que ensinam como lidar com situações como essas. O 50emais acompanhou um desses cursos, que a empresa Apoio realiza na Câmara Municipal de São Paulo. O curso, gratuito, é muito recomendado. Conversamos com uma de suas idealizadoras, a enfermeira Claudia Vallone Silva, 56, especialista em Epidemiologia, que trabalhou no Hospital Albert Einstein durante 33 anos...

https://www.50emais.com.br/curso-gratuito-e-criado-especialmente-para-quem-cuida-de-idoso/

Cuidador de idosos, a profissão que mais cresce no Brasil

Segundo dados do Ministério do Trabalho divulgados no final de 2018, houve um aumento de 547% no número de cuidadores de idosos no país. Trata-se da profissão que mais cresce por aqui, situação oportun...

 

Leia mais em: https://saude.abril.com.br/blog/com-a-palavra/cuidador-de-idosos-a-profissao-que-mais-cresce-no-brasil/

Apoio Saúde Bem-Estar oferece cursos de capacitação de cuidador

Apoio Saúde Bem-Estar é mais uma das empresas que passam a integrar o time de expositores da Longevidade Expo + Fórum.
“Nosso foco é promover cursos de capacitação e orientação para uma vida mais saudável. Mensalmente oferecemos um curso de capacitação de cuidador de idoso e encontros temáticos sobre envelhecimento, realizados gratuitamente na Câmara Municipal de São Paulo”, diz a proprietária, Marcia Chorro dos Santos.

Como dividir as tarefas do cuidado do idoso entre familiares

É muito comum que a pessoa que assume o cuidado de um familiar idoso fragilizado sinta-se bastante sobrecarregada com o passar do tempo. São muitas as obrigações, horários de medicamentos, acompanhamento à exames e a consultas – sem contar os demais esforços, caso o idoso não tenha mais capacidade para manter sozinho os cuidados com sua própria higiene e executar tarefas simples do dia a dia.“É muito pesado, ninguém aguenta cuidar sozinho de um idoso por muito tempo”, afirma a psicóloga Maria Elizabeth Bueno Vasconcellos, especialista em Gerontologia e uma das líderes do Apoio – Curso de capacitação e orientação para uma vida mais saudável, voltado para cuidadores de idosos e familiares....